Chávez se recusa a aceitar decisões do Banco Mundial

A empresa Exxon exige bilhes de dlares em compensao pela nacionalizao, em 2007, de um de seus projetos de explorao na Venezuela

Chávez se recusa a aceitar decisões do Banco Mundial
Chávez se recusa a aceitar decisões do Banco Mundial (Foto: Jorge Silva/REUTERS )
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 com agências internacionais - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse neste domingo que seu governo não reconhecerá nenhuma decisão tomada por um tribunal do Banco Mundial relacionada a um pedido de compensação feito por uma petrolífera americana.

Segundo a BBC, a empresa Exxon exige bilhões de dólares em compensação pela nacionalização, em 2007, de um de seus projetos de exploração na Venezuela.

É esperado para este ano um parecer do Banco Mundial a respeito do caso.

Em sua primeira aparição recente em seu programa de TV "Alô Presidente", Chávez acusou a Exxon de usar acordos "injustos" no passado para obter recursos naturais da Venezuela.

O governo Chávez enfrenta diversas outras queixas semelhantes à da Exxon, derivadas de uma onda de estatizações de indústrias realizadas nos últimos anos na Venezuela.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email