China alerta Canadá de consequências se não libertar CFO da Huawei

O Ministério das Relações Exteriores da China pediu ao Canadá neste sábado que liberasse imediatamente a diretora financeira da Huawei Technologies, alertando que, caso contrário, enfrentaria consequências

China alerta Canadá de consequências se não libertar CFO da Huawei
China alerta Canadá de consequências se não libertar CFO da Huawei (Foto: Photo: Huawei)

Ben e Blanchard (Reuters) - O Ministério das Relações Exteriores da China pediu ao Canadá neste sábado que liberasse imediatamente a diretora financeira da Huawei Technologies, alertando que, caso contrário, enfrentaria consequências.

O Ministério disse em um comunicado que o vice-ministro das Relações Exteriores, Le Yucheng, emitiu a advertência ao embaixador do Canadá em Pequim, convocando-o a apresentar "um forte protesto".

Meng Wanzhou, diretora financeira global da Huawei, foi presa no Canadá em 1º de dezembro e enfrenta extradição para os Estados Unidos, que alega ter descoberto que ela acobertava as ligações de sua empresa com uma companhia que tentou vender equipamentos para o Irã, apesar das sanções.

A executiva também é a filha do fundador da Huawei.

 

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247