China declara que nunca permitirá a guerra ou o caos perto da sua porta

"A China nunca permitirá a guerra ou o caos às suas portas", declarou o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Ren Guoqiang, citado pela Reuters. Esta foi a resposta à pergunta sobre a sua posição em relação à tensão na península coreana nesta quinta-feira em coletiva de imprensa mensal

"A China nunca permitirá a guerra ou o caos às suas portas", declarou o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Ren Guoqiang, citado pela Reuters. Esta foi a resposta à pergunta sobre a sua posição em relação à tensão na península coreana nesta quinta-feira em coletiva de imprensa mensal
"A China nunca permitirá a guerra ou o caos às suas portas", declarou o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Ren Guoqiang, citado pela Reuters. Esta foi a resposta à pergunta sobre a sua posição em relação à tensão na península coreana nesta quinta-feira em coletiva de imprensa mensal (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik

Representante do Ministério da Defesa chinês divulga posição de seu país em relação à tensão crescente na região.

"A China nunca permitirá a guerra ou o caos às suas portas", declarou o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Ren Guoqiang, citado pela Reuters.

 
Esta foi a resposta à pergunta sobre a sua posição em relação à tensão na península coreana nesta quinta-feira em coletiva de imprensa mensal.

A declaração de Ren coincide com os exercícios militares anuais Ulchi Freedom Guardian que os EUA e Coreia do Sul estão realizando na península Coreana.

A agenda internacional da penúltima semana de agosto de 2017 inclui as manobras navais conjuntas da Coreia do Sul e dos Estados Unidos. O anúncio das manobras provocou o descontentamento da Coreia do Norte, que pegou de novo na guerra de palavras, ameaçando realizar novos testes nucleares e mesmo atacar a ilha de Guam, um território estadunidense no Pacífico.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247