China denuncia 'conluio estrangeiro' por independência de Taiwan

A China considera que conluio estrangeiro para promover a chamada independência de Taiwan poderá ter consequências perigosas

Taipé, capital de Taiwan
Taipé, capital de Taiwan (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Porta-voz do Departamento dos Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado da China, Ma Xiaoguang, advertiu nesta quarta-feira (16) que aqueles que tentam fazer conluio com forças estrangeiras para buscar a "independência de Taiwan" estão "percorrendo uma ponte de mão única para o abismo profundo."

"Enquanto a escada é mantida nas mãos de outros, eles arriscam ser despedaçados a qualquer momento", disse Ma ao responder a uma pergunta sobre a atual situação através do Estreito de Taiwan em uma coletiva de imprensa, informa a Xinhua.

Ma disse que a liderança do Partido Democrata Progressista (PDP) e os elementos da "independência de Taiwan" na ilha são responsáveis e culpados pela atual situação complicada no Estreito de Taiwan.

Ele disse que os elementos da "independência de Taiwan" fizeram um cálculo totalmente errado ao acreditarem que podiam ter sucesso na divisão do paísapoiando-se em forças estrangeiras.

O porta-voz destacou que a parte continental da China tem confiança e capacidade de manter firmemente a iniciativa nas relações através do Estreito de Taiwan e que a decisão da liderança do PDP será chave para o futuro das relações entre os dois lados do Estreito.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email