China diz que pneumonia mais letal do que a Covid-19 atinge o Cazaquistão

Segundo a embaixada da China, houve 1.772 mortes por pneumonia no primeiro semestre no país, sendo 628 delas apenas em junho, e que há chineses entre as vítimas

Enfermeira manuseia respirador em paciente com Covid-19 em UTI de hospital em Chicago, nos EUA 22/04/2020
Enfermeira manuseia respirador em paciente com Covid-19 em UTI de hospital em Chicago, nos EUA 22/04/2020 (Foto: REUTERS/Shannon Stapleton)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Cazaquistão negou nesta sexta-feira (10) um alerta da China sobre uma epidemia de pneumonia que seria mais letal do que o coronavírus. A informação é do jornal Folha de S.Paulo. 

Em um comunicado, divulgado por um perfil oficial no aplicativo WeChat. a Embaixada da China avisou aos cidadãos chineses no Cazaquistão sobre um aumento significativo de casos em cidades como Atyrau, Aktobe e Shymkent desde meados de junho.

Segundo a embaixada, houve 1.772 mortes por pneumonia no primeiro semestre no país, sendo 628 delas apenas em junho, e que há chineses entre as vítimas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email