China e Irã anunciam implementação de plano abrangente de cooperação

O Irã participará ativamente da construção conjunta do Cinturão e Rota

www.brasil247.com - Hossein Amir Abdollahian, Wang Yi
Hossein Amir Abdollahian, Wang Yi (Foto: Xinhua/Ji Chunpeng)
Siga o Brasil 247 no Google News

Xinhua - O conselheiro de Estado chinês e ministro das Relações Exteriores, Wang Yi, conversou na sexta-feira (14) com o ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amir Abdollahian, em Wuxi, província de Jiangsu, leste da China.

Os dois lados anunciaram o lançamento da implementação de um plano de cooperação abrangente.

Wang disse que a China está pronta para trabalhar com o Irã para implementar o consenso alcançado pelos dois chefes de Estado, fortalecer a comunicação e coordenar ações, enriquecer constantemente a conotação da parceria estratégica abrangente China-Irã e abrir uma nova era para o desenvolvimento dos laços bilaterais para os próximos 50 anos.

Abdollahian, em nome do presidente iraniano Ebrahim Raisi, disse que o Irã apoia firmemente a China na salvaguarda de seus interesses centrais e adere firmemente à política de uma só China.

O Irã participará ativamente da construção conjunta do Cinturão e Rota, disse Abdollahian, acrescentando que desenvolver relações com a China é a principal decisão do Irã. O lado iraniano está firmemente comprometido com o avanço da cooperação Irã-China e apoia firmemente os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim.

Os dois lados anunciaram em conjunto o lançamento da implementação do plano de cooperação abrangente de 25 anos e realizaram discussões aprofundadas. Ambos os lados concordaram em intensificar a cooperação em energia, infraestrutura, capacidade de produção, ciência e tecnologia e assistência médica e de saúde.

Eles também concordaram em expandir a cooperação em agricultura, pesca e segurança cibernética, bem como promover a cooperação tripartida e aprofundar os intercâmbios interpessoais e culturais em educação, cinema e treinamento de pessoal.

Os dois lados também trocaram opiniões sobre a situação nuclear iraniana.

Wang disse que o certo e o errado da questão nuclear iraniana é claro. A retirada unilateral dos EUA do Plano de Ação Abrangente Conjunto (JCPOA) criou diretamente as dificuldades da atual situação. Os Estados Unidos devem arcar com a maior responsabilidade e corrigir seu erro o mais rápido possível

A China apoiará firmemente a retomada das negociações sobre a implementação do JCPOA e continuará a participar construtivamente nas negociações de acompanhamento, disse ele.

Espera-se que todas as partes superem as dificuldades e se encontrem no meio do caminho para avançar no processo de solução política e diplomática, disse Wang.

Elogiando o papel construtivo desempenhado pelo lado chinês, Abdollahian disse que o Irã está comprometido em alcançar um conjunto de acordos de garantia estável por meio de negociações sérias e está disposto a manter uma comunicação estreita com a China.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email