China pede novo mecanismo de segurança na Europa, com o fim da mentalidade da Guerra Fria

“É necessário formar, por meio de negociações, um mecanismo equilibrado, eficaz e sustentável", disse Xi Jinping

www.brasil247.com - (211231) -- BEIJING, Dec. 31, 2021 (Xinhua) -- Chinese President Xi Jinping delivers his 2022 New Year Address through China Media Group and the Internet on New Year's eve. (Xinhua/Ju Peng)
(211231) -- BEIJING, Dec. 31, 2021 (Xinhua) -- Chinese President Xi Jinping delivers his 2022 New Year Address through China Media Group and the Internet on New Year's eve. (Xinhua/Ju Peng) (Foto: Ju Peng)


TASS – A China defende o abandono completo da mentalidade da Guerra Fria em torno da questão ucraniana, bem como a formação de um mecanismo equilibrado e eficaz para garantir a segurança europeia, disse o presidente chinês Xi Jinping nesta sexta-feira em uma conversa por telefone com seu colega russo Vladimir Putin.

“É necessário abandonar a mentalidade da Guerra Fria, levar em conta e respeitar as legítimas preocupações de segurança dos países e formar, por meio de negociações, um mecanismo equilibrado, eficaz e sustentável [para garantir] a segurança europeia”, cita a Televisão Central da China. ele como dizendo.

"Ultimamente, a situação no leste da Ucrânia mudou drasticamente e atrai cada vez mais atenção da comunidade internacional", acrescentou o presidente chinês.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente russo, Vladimir Putin, disse em um discurso televisionado na manhã de quinta-feira que, em resposta a um pedido dos chefes das repúblicas do Donbass, ele tomou a decisão de realizar uma operação militar especial. O líder russo ressaltou que Moscou não tem planos de ocupar territórios ucranianos. Logo depois disso, Washington, a UE, Londres e vários outros estados anunciaram que estavam impondo sanções contra pessoas físicas e jurídicas russas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Ministério da Defesa da Rússia informou na quinta-feira que as tropas russas não estavam realizando ataques contra cidades ucranianas. Enfatizou que a infraestrutura militar ucraniana estava sendo destruída por armas de precisão. Os civis não estão ameaçados, garantiu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email