Chomsky: Trump não dá a mínima importância ao destino do mundo

"'O que importa sou eu'. Isso fica suficientemente claro pela sua atitude em relação ao aquecimento global. Ele está perfeitamente consciente da terrível ameaça – às suas propriedades", critica o pensador americano Noam Chomsky sobre o presidente norte-americano

Chomsky: Trump não dá a mínima importância ao destino do mundo
Chomsky: Trump não dá a mínima importância ao destino do mundo

247 - "Quase não há dúvidas de que Trump não dá a mínima importância ao destino do país ou do mundo" diz o linguista Noam Chomsky a C.J. Polychroniou, no site Truthout.

"'O que importa sou eu'. Isso fica suficientemente claro pela sua atitude em relação ao aquecimento global. Ele está perfeitamente consciente da terrível ameaça – às suas propriedades. O seu pedido de um paredão para proteger o seu campo de golfe irlandês baseia-se explicitamente na ameaça do aquecimento global. Mas a busca pelo poder o impele a conduzir a corrida à destruição, bastante feliz, como fica evidente nas suas aparições. O mesmo acontece com outras ameaças sérias, embora menores, entre elas a de que o país possa ficar isolado, desprezado, decadente – com dívidas a pagar que não serão mais de sua conta".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247