CIA: Estado Islâmico prepara atentado nos EUA semelhante ao de Istambul

Diretor da Agência Central de Inteligência (CIA) norte-americana, John Brennan, afirmou nesta quarta-feira, 29, que o Estado Islâmico está preparando um atentado nos EUA semelhante ao perpetrado no aeroporto de Istambul nessa terça-feira, 28, que deixou 41 mortos; "Ficaria surpreso se o Daesh [Estado Islâmico] não tentar realizar este tipo de ataque nos EUA", admitiu Brennan em uma entrevista ao portal Yahoo News; "Considerando o que aconteceu no aeroporto turco, foram usados coletes com explosivos que não são difíceis de fabricar", explicou ele, reconhecendo que este tipo de ataque é difícil de evitar.

Diretor da Agência Central de Inteligência (CIA) norte-americana, John Brennan, afirmou nesta quarta-feira, 29, que o Estado Islâmico está preparando um atentado nos EUA semelhante ao perpetrado no aeroporto de Istambul nessa terça-feira, 28, que deixou 41 mortos; "Ficaria surpreso se o Daesh [Estado Islâmico] não tentar realizar este tipo de ataque nos EUA", admitiu Brennan em uma entrevista ao portal Yahoo News; "Considerando o que aconteceu no aeroporto turco, foram usados coletes com explosivos que não são difíceis de fabricar", explicou ele, reconhecendo que este tipo de ataque é difícil de evitar.
Diretor da Agência Central de Inteligência (CIA) norte-americana, John Brennan, afirmou nesta quarta-feira, 29, que o Estado Islâmico está preparando um atentado nos EUA semelhante ao perpetrado no aeroporto de Istambul nessa terça-feira, 28, que deixou 41 mortos; "Ficaria surpreso se o Daesh [Estado Islâmico] não tentar realizar este tipo de ataque nos EUA", admitiu Brennan em uma entrevista ao portal Yahoo News; "Considerando o que aconteceu no aeroporto turco, foram usados coletes com explosivos que não são difíceis de fabricar", explicou ele, reconhecendo que este tipo de ataque é difícil de evitar. (Foto: Aquiles Lins)

Agência Sputnik Brasil - O Daesh (Estado Islâmico) está preparando um atentado nos EUA semelhante ao perpetrado no aeroporto de Istambul na terça-feira (29), segundo advertiu hoje (29) o diretor da Agência Central de Inteligência (CIA) norte-americana, John Brennan.

"Ficaria surpreso se o Daesh não tentar realizar este tipo de ataque nos EUA", admitiu Brennan em uma entrevista ao portal Yahoo News.

"Considerando o que aconteceu no aeroporto turco, foram usados coletes com explosivos que não são difíceis de fabricar", explicou ele, reconhecendo que este tipo de ataque é difícil de evitar.

Embora o Daesh ainda não tenha assumido a responsabilidade pelo atentado em Istambul – que, por enquanto, deixou pelo menos 41 mortos e centenas de feridos –, Brennan observou que o uso de coletes-bomba é um método mais adotado pela organização jihadista do que pelos separatistas curdos na Turquia.

Em sua opinião, o ataque poderia ser uma vingança do grupo terrorista pela participação de Ancara na coalizão antiterrorista internacional.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247