CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Cientista político diz que Tarcísio e Caiado foram papagaios de pirata de um assassino

“Tipo tirar foto com Hitler e Mussolini antes da Segunda Guerra Mundial”, compara Christian Lynch

Caiado, Netanyahu eTarcísio (Foto: Reprodução )
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O cientista político Christian Lynch criticou a ida  dos governadores Ronaldo Caiado, de Goiás, e Tarcísio de Freitas, de São Paulo a Israel.

“Netanyahu hoje é um dos maiores  criminosos internacionais. Tarcisio e Cagado estão posando de papagaios desse monstro. Tipo tirar foto com Hitler e Mussolini antes da Segunda Guerra Mundial. Desde que eles se elejam, não estão nem aí. Fascista também vota. E quando Netanyahu cair e for preso, eles vão assobiar e fingir que não fizeram nada. Porque infelizmente caráter não é o artigo mais disponível nos dias de hoje. Como não era em 1933”, opinou. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Saiba mais - Os governadores Ronaldo Caiado, de Goiás, e Tarcísio de Freitas, de São Paulo, foram a Israel para se aproveitar da crise diplomática entre o Brasil e o Estado judeu, desencadeada pelos ataques do regime de Benjamin Netanyahu ao presidente Lula, um forte crítico da guerra genocida na Faixa de Gaza. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Sionistas e bolsonaristas, Caiado e Tarcísio postaram mensagens em suas redes sociais sobre o encontro que tiveram com o presidente de Israel, Isaac Herzog. 

Enquanto Tarcísio evitou mencionar o presidente Lula em suas postagens, Caiado foi mais direto. “Ao mesmo tempo, peço desculpas em nome do meu povo, de nós brasileiros, pelas declarações feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva que, ao desconhecer totalmente a história, fez uma comparação a mais desastrosa possível agredindo o povo judeu”, disse Caiado em um vídeo.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO