Colômbia anuncia entrada na Otan e OCDE

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou nesta sexta-feira (25) a entrada do país na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e na Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE)

Colômbia anuncia entrada na Otan e OCDE
Colômbia anuncia entrada na Otan e OCDE (Foto: REUTERS/Jaime Saldarriaga)

247, com Prensa Latina - "Formalizaremos em Bruxelas na próxima semana o ingresso da Colômbia na Otan na categoria de sócio global. Seremos o único país da América Latina com este privilégio", disse o mandatário, em pronunciamento transmitido por rede nacional de televisão.

A notícia foi intercalada em um discurso de celebração por motivo da admissão da Colômbia nesta sexta-feira como novo membro da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

"Ser parte da OCDE e da Otan melhora a imagem da Colômbia e nos permite ter muito mais jogo no cenário internacional', opinou Santos.

O chefe de Estado qualificou a OCDE de "uma organização internacional de grande prestígio que reúne os países com as melhores práticas de todo o mundo".

Na próxima quarta-feira (30) em Paris, Santos e o secretário geral da OCDE, o mexicano Angel Gurría, assinarão o acordo de acesso.

A adesão se tornará efetiva quando a Colômbia cumprir uma série de passos internos, em particular a ratificação pelo parlamento da convenção da OCDE, assim como o depósito do instrumento de adesão perante o governo francês.

Em relação à Otan, além da Colômbia, são considerados sócios globais desse bloco Afeganistão, Austrália, Iraque, Japão, Coreia do Sul, Mongólia, Nova Zelêndia e Paquistão.

Aliança militar, a Otan tem sido questionada historicamente por práticas expansionistas e intervencionistas, que seus membros tentam justificar como suposta solução de conflitos internacionais.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247