Com 98% dos votos esperados apurados na Geórgia, Trump tem 49,5% e Biden soma 49,2%, diz Edison Research

A Geórgia é um dos últimos Estados ainda indefinidos na eleição presidencial norte-americana, que segue sem um vencedor dois dias após a votação de terça-feira

(Foto: REUTERS/Brandon Bell)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - Com 98% dos votos estimados apurados no Estado-chave da Geórgia, o presidente Donald Trump tinha 49,5% e o adversário democrata, Joe Biden, somava 49,2%, de acordo com dados da Edison Research.

A Geórgia é um dos últimos Estados ainda indefinidos na eleição presidencial norte-americana, que segue sem um vencedor dois dias após a votação de terça-feira.

Até o momento, Biden soma 243 votos no Colégio Eleitoral contra 214 de Trump, segundo a Edison Research. A Geórgia tem 16 votos no Colégio Eleitoral. Outras agências de notícias, como a Associated Press, contabilizam Biden com 264 delegados e Trump com 214.

São necessários 270 votos no Colégio Eleitoral para obter a Presidência dos Estados Unidos.

Na Pensilvânia, outro Estado-chave na disputa, com 92% dos votos esperados apurados até o momento, Trump tem 50,3% e Biden soma 48,4% dos votos, segundo a Edison Research.

A Pensilvânia tem 20 votos no Colégio Eleitoral.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247