Com mais de 200 mortes diárias, Nova York usará ilha para enterros temporários

O vereador democrata de Nova York Mark Levine anunciou um plano de emergência para enterrar temporariamente os mortos pelo coronavírus em Hart Island, uma ilha localizada no bairro do Bronx onde são enterrados indigentes. Pandemia atinge em cheio a cidade mais populosa dos EUA

(Foto: Reprodução | US Navy)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O vereador democrata de Nova York Mark Levine anunciou um plano de emergência para enterrar temporariamente os mortos pelo coronavírus em Hart Island, uma ilha localizada no bairro do Bronx onde são enterrados indigentes da cidade. Mais de 200 pessoas estão morrendo por dia na cidade, mas corrigiu a informação em um tuíte. Os Estados Unidos têm 368,1 mil casos de coronavírus, 10,9 mil mortes.

"Falei com muitas pessoas no governo e recebi uma garantia inequívoca de que não haverá enterros nos Parques de Nova York. Todos declararam claramente que, se for necessário o enterro temporário, será feito em Hart Island", tuitou o parlamentar, ressaltando que os enterros, se necessário, "serão feitos de maneira digna, ordenada e profissional".

Com quase 370 mil casos, os EUA lideram o ranking mundial de confirmações da covid-19. Em segundo lugar está a Espanha (140,5 mil), seguida pela Itália (132,5 mil), pela Alemanha (103,7 mil) e pela França (98 mil).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email