Comandante da marinha alemã renuncia e diz que a Rússia merece respeito

Kay-Achim Schönbach disse que a Rússia deve ser tratada como país amigo pelos alemães

www.brasil247.com - Kay-Achim Schönbach
Kay-Achim Schönbach (Foto: Alexandre Prekler / picture alliance)


247 – "O comandante da Marinha alemã, Kay-Achim Schönbach, renunciou ao cargo na noite deste sábado (22/01), após se envolver em um incidente diplomático por declarar que o presidente russo, Vladimir Putin, 'provavelmente merece respeito' e que a Crimeia era um caso perdido para a Ucrânia", informa a agência Deutsche Welle.

"Pedi à ministra da Defesa, Christine Lambrecht, para me dispensar de minhas funções imediatamente", disse o vice-almirante, em comunicado citado pela agência de notícias Reuters. "A ministra aceitou meu pedido".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"O que ele [Putin] realmente quer é respeito", disse o vice-almirante na sexta-feira, falando em inglês em um vídeo postado no YouTube. "E, meu Deus, dar respeito a alguém custa pouco ou nada. É fácil dar a ele o respeito que ele realmente quer e provavelmente merece", disse Schönbach, referindo-se à Rússia como um país antigo e importante.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email