Comandante da marinha alemã renuncia e diz que a Rússia merece respeito

Kay-Achim Schönbach disse que a Rússia deve ser tratada como país amigo pelos alemães

www.brasil247.com - Kay-Achim Schönbach
Kay-Achim Schönbach (Foto: Alexandre Prekler / picture alliance)


247 – "O comandante da Marinha alemã, Kay-Achim Schönbach, renunciou ao cargo na noite deste sábado (22/01), após se envolver em um incidente diplomático por declarar que o presidente russo, Vladimir Putin, 'provavelmente merece respeito' e que a Crimeia era um caso perdido para a Ucrânia", informa a agência Deutsche Welle.

"Pedi à ministra da Defesa, Christine Lambrecht, para me dispensar de minhas funções imediatamente", disse o vice-almirante, em comunicado citado pela agência de notícias Reuters. "A ministra aceitou meu pedido".

"O que ele [Putin] realmente quer é respeito", disse o vice-almirante na sexta-feira, falando em inglês em um vídeo postado no YouTube. "E, meu Deus, dar respeito a alguém custa pouco ou nada. É fácil dar a ele o respeito que ele realmente quer e provavelmente merece", disse Schönbach, referindo-se à Rússia como um país antigo e importante.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247