Cooperação com América Latina corresponde aos interesses comuns, diz porta-voz chinês

China responde aos Estados Unidos, que insistem na guerra comercial e querem impedir presença do gigante asiático na América Latina

China EUA
China EUA (Foto: Reinaldo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A cooperação entre a China e a América Latina está de acordo com os interesses comuns de ambas as partes e busca o desenvolvimento comum, disse na segunda-feira (16) a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying.

O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, tinha dito na semana passada, durante a Cúpula Comercial das Américas que a América Latina se beneficiou mais das exportações de valor agregado para os EUA do que das crescentes vendas de matérias-primas para a China, e prometeu que Washington não cederá a liderança na região.

Em resposta, Hua Chunying disse que a cooperação China-América Latina é de igualdade e benefícios mútuos e não tem como alvo qualquer outro país.

"Se a China é ou não é um bom parceiro cooperativo da América Latina, ninguém sabe melhor sobre isso do que as próprias pessoas latino-americanas", disse ela.

De fato, a China é atualmente o segundo maior parceiro comercial da América Latina, disse, acrescentando que as empresas chinesas criaram mais de 1,8 milhão de empregos na região.

Hua afirmou que a China está pronta para trabalhar com os países latino-americanos a fim de expandir a cooperação mutuamente benéfica e de ganhos recíprocos, pedindo às pessoas nos Estados Unidos que respeitem o fato e a vontade dos países latino-americanos, considerem objetivamente as relações China-América Latina e façam mais para beneficiar o desenvolvimento da região.

Fonte: Diário do Povo on line

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email