Coreia do Norte decreta sentença de morte de Trump

Jornal Rodong Sinmun, da Coreia do Norte, informou que os cidadãos norte-coreanos declararam a "sentença de morte" ao presidente dos EUA, Donald Trump; a publicação afirmou que durante a viagem de Trump pela Ásia o presidente ofendeu a Coreia do Norte ao afirmar que o país vive uma ditadura; matéria destaca que Trump "deve saber que ele é somente um vil criminoso, condenado à morte pelo povo coreano"

Donald Trum e Kim Jong-un, da Coreia do Norte
Donald Trum e Kim Jong-un, da Coreia do Norte (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputink - O jornal Rodong Sinmun, da Coreia do Norte, informou que os cidadãos norte-coreanos declararam a "sentença de morte" ao presidente dos EUA, Donald Trump, informou The Independent.

A publicação afirmou que durante a viagem de Trump pela Ásia o presidente ofendeu a Coreia do Norte ao afirmar que o país vive uma ditadura.
"O pior crime, pelo qual ele nunca será perdoado, reside no fato dele ter ofendido de forma cruel a honra o governo", escreveu o jornal.

A matéria destaca que Trump "deve saber que ele é somente um vil criminoso, condenado à morte pelo povo coreano".

Mais cedo, as autoridades da Coreia do Norte disseram que Trump estava "implorando" por uma guerra nuclear na península da Coreia durante a sua visita aos países da Ásia.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247