Coreia do Norte diz que está preparada para o diálogo e o confronto com EUA

O ministro das Relações Exteriores da República Popular Democrática da Coréia, Ri Yong Ho, rechaçou as ameaças do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, quando este afirmou que manteria as sanções mais fortes da história se Pyongyang não procedesse à desnuclearização

(Foto: Jonathan Ernst/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

KCNA - O ministro das Relações Exteriores da República Popular Democrática da Coréia, Ri Yong Ho, rechaçou as ameaças do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, quando este afirmou que manteria as sanções mais fortes da história se Pyongyang não procedesse à desnuclearização.  

A nota da Chancelaria norte-coreana chama de cínico o comportamento de Pompeo, que faz duvidar das possibilidades de resolver com homens como ele os problemas pendentes nas relações entre os Estados Unidos e a República Popular Democrática da Coreia.   

A Chancelaria norte-coreana questiona em qual Pompeo se deve acreditar, se neste que pronunciou tais palavras ou naquele que durante suas repetidas visitas a Pyongyang falou tanto sobre o estabelecimento de novas relações bilaterais.  

Em todo caso, ressalta a nota, o país está preparado para o diálogo e o confronto com os EUA.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247