Coreia do Norte diz que fará devastação impiedosa se for atacada

O governo norte-coreano ameaçou destruir o porta-aviões estadunidense, USS Carl Vinson, em caso de confronto, e também, a realização de um ataque preventivo a diversos alvos na Coreia do Sul e no Japão em caso de qualquer provocação dos EUA

Coreia do Norte diz que fará devastação impiedosa se for atacada
Coreia do Norte diz que fará devastação impiedosa se for atacada (Foto: © AFP 2017/ PARK JI-HWAN)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Sputinik

A Coreia do Norte ameaçou destruir os navios norte-americanos que se aproximaram da península Coreana, incluindo o porta-aviões USS Carl Vinson, em caso de qualquer agressão por parte dos EUA, diz a declaração do Estado-Maior do Exército Popular da Coreia divulgada na sexta-feira (14).

"Quanto mais perto se aproximarem os alvos grandes, incluindo o porta-aviões, mais eficaz será o ataque destruidor", declara o comunicado. 

Equipamento militar da Coreia do Norte
© REUTERS/ KCNA

Anteriormente o canal NBC, citando uma fonte, havia informado que EUA podem levar a cabo um ataque preventivo contra a Coreia do Norte para impedir a realização de mais um teste nuclear de Pyongyang.

Os EUA enviaram há pouco à península da Coreia um grupo aeronaval de ataque encabeçado pelo porta-aviões USS Carl Vinson. A Coreia do Norte, tal como em muitas outras ocasiões, ameaçou Washington com um ataque nuclear.

Leia abaixo para também saber outros possíveis alvos do governo norte coreano

Um representante do Estado-Maior da Coreia do Norte declarou que seu país realizará um ataque preventivo em caso de provocação "política, econômica ou militar" dos EUA.

"A histeria militar da administração do presidente dos EUA [Donald Trump] alcançou uma fase perigosa e a Coreia do Norte não pode ignorar esta questão", disse um representante, citado pela Agência Central de Notícias da Coreia (ACNC).

 

Fronteira da China com a Coreia do Norte
© AP PHOTO/ NG HAN GUAN, FILE
O representante – acima citado – do Estado-Maior norte-coreano também comunicou que a Coreia do Norte pretende atacar as bases militares dos EUA no Japão, na Coreia do Sul e a residência do presidente sul-coreano em Seul, caso a Coreia do Norte receba qualquer provocação dos EUA.

Ao mesmo tempo, o Japão se prepara para evacuação de seus cidadãos da Coreia do Sul, caso a tensão aumente entre a Coreia do Norte e os EUA. Trata-se de 60.000 japoneses, que vivem em território sul-coreano.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247