Coreia do Sul quer escapar das sanções contra o petróleo iraniano

Governo diz que depende desta fonte e quer obter uma exonerao das imposies americanas contra o Ir

Coreia do Sul quer escapar das sanções contra o petróleo iraniano
Coreia do Sul quer escapar das sanções contra o petróleo iraniano (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 com agências - A Coreia do Sul quer escapar das novas sanções americanas sobre as exportações de petróleo iraniano.

"Não podemos nos permitir perder esta importante fonte de petróleo e devemos obter uma exoneração da aplicação das sanções", declarou à AFP uma fonte do governo sul-coreano. Em 11 meses, a Coreia do Sul importou 8,16 milhões de barris de petróleo do Irã, um número que correspondeu a 9,6% de suas importações totais de combustível.

O Congresso americano e a Europa adotaram no mês passado o embargo, assim como sanções direcionadas especificamente contra o Banco Central do Irã. As medidas obrigam na prática as empresas estrangeiras a optar por fazer negócios com a República Islâmica ou com os Estados Unidos. A lei, no entanto, permite algumas exonerações de 120 dias a determinadas instituições de um país que reduza consideravelmente outras transações com o Irã.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email