Depois de 'Lula Livre', é lançada a campanha internacional 'Volta Lula'

Durante reunião em Buenos Aires, a ex-presidenta Dilma Rousseff e o ex-ministro Aloizio Mercadante lançaram a campanha internacional "Volta Lula", inspirada na campanha vencedora do peronista Alberto Fernández na Argentina

Ex-presidente Lula é levado nos braços do povo em São Bernardo
Ex-presidente Lula é levado nos braços do povo em São Bernardo (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em Benos Aires, a ex-presidenta Dilma comentou sobre o cenário político atual no Brasil e no mundo e deixou entender que o retorno da centro-esquerda na Argentina marca um novo caminho para a volta da esquerda ao poder na América Latina. 

Ela disse: "a vitória de Alberto Fernández e Cristina Kirchner abre um caminho de retorno e de esperança, sobretudo de transformação novamente, na América Latina."

Reportagem da Rádio França Internacional destaca mais trechos da fala de Dilma: "estou feliz porque, para nós da América Latina, a eleição de Alberto Fernández muda as condições porque reverte a onda conservadora que nos atacou.", acrescentou Dilma, para quem "a região está diante de um fenômeno que se manifesta no Chile e no Equador.

A matéria também sublinhou a presença de Aloizio Mercadante, ex-ministro de Dilma: "o ex-ministro da Educação, da Ciência e Tecnologia e Chefe da Casa Civil de Lula e de Dilma Rousseff, Aloízio Mercadante, lançou a campanha "Volta Lula" como a nova fase de luta depois de "Lula Livre".

Ele disse: "eu disse ontem para Lula, quando ele ligou para falar comigo e com a Dilma, que agora precisamos criar o gesto de 'Volta Lula'. Para os peronistas, o V é o símbolo da volta ao poder (primeiro de Juan Domingo Perón, agora Cristina Kirchner). Era Perón Volta, agora é Volta Lula"

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247