Deslizamento de terra deixa ao menos 14 mortos na Colômbia

Foi a pior tragédia durante a atual estação chuvosa

www.brasil247.com -


Reuters -Pelo menos 14 pessoas morreram nessa terça-feira (8) e 35 ficaram feridas em deslizamento de morro que soterrou várias casas em cidade no centro da Colômbia. Foi a pior tragédia durante a atual estação chuvosa, informou a Unidade Nacional para Gestão de Risco de Desastres (UNGRD).

O deslizamento de terra, causado por fortes chuvas, foi registrado no município de Dosquebradas, próximo à cidade de Pereira, no departamento de Risaralda, região cafeeira do centro do país.

Depois do desabamento que afetou a comunidade do bairro de La Esneda, relatório atualizado indica que 35 pessoas ficaram feridas, 14 morreram e uma está desaparecida, disse a estatal UNGRD em sua conta no Twitter.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As autoridades locais relataram a retirada de moradores de 52 casas localizadas na área do deslizamento, onde o Rio Otún transbordou e inundou a região.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Deslizamentos de terra e inundações são frequentes no país sul-americano, de 50 milhões de habitantes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma série de desabamentos e cheias devastaram a cidade de Mocoa em abril de 2017, deixando pelo menos 322 mortos, 71 desaparecidos e mais de 4.500 afetados, a pior tragédia natural da história recente da Colômbia.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email