Dilma discursará em homenagem a Mandela

Além da presidente brasileira, outros chefes de Estado - como o presidente os EUA, Barack Obama, e de Cuba, Raúl Castro - prestarão tributos a Nelson Mandela, de acordo com programa oficial divulgado pelo governo da África do Sul; cerimônia será no estádio de Soweto, em Johanesburgo, a partir das 11h de amanhã

www.brasil247.com - Rio de Janeiro - RJ, 09/12/2013. Presidenta Dilma Rousseff durante encontro da Clinton Global Initiative (CGI) no Copacabana Palace Hotel. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Rio de Janeiro - RJ, 09/12/2013. Presidenta Dilma Rousseff durante encontro da Clinton Global Initiative (CGI) no Copacabana Palace Hotel. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR (Foto: Gisele Federicce)


Paulo Victor Chagas
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff fará um tributo amanhã (10), durante cerimônia ecumênica em homenagem a Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul, falecido na última quinta-feira (5). O tributo ao primeiro presidente negro da África do Sul e líder da luta contra a segregação racial no país será no estádio de Soweto, em Johanesburgo, a partir das 11h, horário local.

A informação foi confirmada, há pouco, pelas assessorias de imprensa do Palácio do Planalto e do Ministério das Relações Exteriores e consta da programação oficial do evento, que já tem confirmada a presença de 89 chefes de Estado.

Além de Dilma, discursarão os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, de Cuba, Raúl Castro, da Namíbia, Hifikepunye Pohamba, e da Índia, Pranab Mukherjee, além do vice-presidente chinês, Li Yuanchao. A presidenta brasileira será, assim, a única representante da América do Sul a se pronunciar publicamente durante a cerimônia.

Homenagens de parentes de Mandela e de representantes da Organização das Nações Unidas ONU) também estão programados para o culto religioso, que deve durar quatro horas. Com quatro horas a mais que o Brasil, a cerimônia começará às 7h, horário de Brasília.

Dilma embarcou, no início desta tarde rumo à África do Sul, acompanhada dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor de Mello e José Sarney.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email