Discurso anti-islã vira tabu na Noruega

Ataques de extremista cristo elevam em 40% apoio ao primeiro-ministro Jens Stoltenberg (foto) . Populao se diz mais a favor de um Pas multi-tnico desde os atentados de 22 de julho



247 com agências internacionais – Os duplos ataques na Noruega que chocaram o mundo teve um efeito direto na política norueguesa. O apoio ao primeiro-ministro Jens Stoltenberg, do Partido do Trabalho, alvo de Anders Behring Breivik em 22 de julho, subiu para mais de 40%, de acordo com duas pesquisas da última semana. Se a votação fosse realizada hoje, esse seria o melhor resultado desde a eleição de 1985. A aprovação da forma com que Stoltenberg tem lidado com a crise está em mais de 90%. "É a primeira vez na Noruega que a classificação de popularidade de um político eleito é maior do que o rei", disse Frank Aarebrot, professor de política da Universidade de Bergen, em entrevista à Bloomberg.

O governo de Stoltenberg defende a linha da tolerância e da integração da população imigrante. Isso foi, segundo o manifesto escrito por Breivik, um dos motivos que levou o extremista organizar os ataques. Enquanto a social-democracia sobe em popularidade, o partido Progressista, da extrema-direita, sofre com uma crise de identidade. O segundo maior grupo do Parlamento está sendo estigmatizado por defender algumas das ideias do autor dos atentados. Breivik, inclusive, foi membro do partido até 2006. « Eles vão tentar manter um perfil baixo sobre a imigração e as ameaças dos muçulmanos », disse à Bloomberg Anders Todal Jenssen, professor de ciências políticas da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia. « Se os ataques não tivessem acontecido, o tema teria um grande destaque no discurso », completou.

Desde os assassinatos, mais noruegueses se dizem a favor do multiculturalismo, de acordo a pesquisa InFact AS publicada pela Verdens Gang – 26% dos entrevistados disseram que estavão mais positivos em relação a uma Noruega multi-étnica do que antes, 9% estão mais pessimistas e 49% disseram que não mudaram de opinião.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email