CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Discurso de Obama mistura esperança e realidade

No ato em que aceitou oficialmente a candidatura à reeleição, na Convenção Nacional Democrata, na Carolina do Norte, o presidente dos EUA pediu aos norte-americanos que tivessem paciência para reconstruir a frágil economia nacional

Discurso de Obama mistura esperança e realidade (Foto: JIM YOUNG/Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

CHARLOTTE, Estados Unidos, 7 Set (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu na quinta-feira aos norte-americanos que tivessem paciência para reconstruir a frágil economia nacional e criticou as propostas do adversário republicano Mitt Romney para fazer o país crescer.

No discurso em que aceitou oficialmente a candidatura à reeleição, no fim da Convenção Nacional Democrata em Charlotte, na Carolina do Norte, Obama apresentou uma versão mais realista da mensagem de "esperança e mudança", mote da campanha que o levou à Casa Branca em 2008.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Após quatro anos lidando com guerras, desemprego e impasses políticos, ele adotou um tom mais contido, menos exuberante.

A tática no discurso foi apresentar ao eleitorado dois caminhos diametralmente opostos, representados por ele e Romney.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Nunca disse que esta jornada será fácil e não vou prometer isso agora", afirmou ele. "Sim, nosso caminho é mais árduo, mas leva a um lugar melhor. Sim, nosso caminho é mais longo, mas o percorremos juntos", declarou.

A dois meses da eleição, Obama enfrenta o desafio de reavivar a magia da histórica campanha de 2008 e de estimular os eleitores frustrados com as dificuldades econômicas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A convenção foi a maior vitrine eleitoral de Obama na campanha presidencial, pelo menos até o início da série de debates contra Romney pela TV, em outubro.

(Por Steve Holland e Jeff Mason)

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO