Duas toneladas de urânio são localizadas na Bolívia

Material foi encontrado em uma casa, em La Paz, próxima à sede da Embaixada dos Estados Unidos na Bolívia

Duas toneladas de urânio são localizadas na Bolívia
Duas toneladas de urânio são localizadas na Bolívia (Foto: Divulgação)

Agência Brasil - As autoridades da Bolívia encontraram ontem (28) à noite 2 toneladas de urânio em uma casa, em La Paz, capital do país. A residência onde estava o urânio fica próxima à sede da Embaixada dos Estados Unidos na Bolívia. O urânio é usado na fabricação de armas atômicas, por exemplo.

O ministro de Governo (o equivalente ao da Casa Civil no Brasil), Carlos Romero, disse que especialistas analisam se o material tem componentes radiativos. Segundo ele, os especialistas analisam o material e fazem estudos em laboratório, comparando amostras. O ministro disse que há na esquipe membros do Ministério Público e do Instituto de Tecnologia Nuclear, além de funcionários do Ministério de Minas e Energia.

A expectativa, segundo Romero, é que até o final da tarde de hoje (29) os especialistas divulguem os primeiros resultados do material analisado. O ministro disse também que as investigações buscam informações sobre a origem do urânio e os envolvidos.

Romero ressaltou que, ao mesmo tempo, os policiais da Bolívia investigam as questões de segurança envolvendo o material, pois o urânio é um elemento de ameaça e risco. "Por enquanto, informamos apenas a localização do urânio”, disse ele.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247