Duma de Estado russa chama de 'roubo' possíveis sanções contra reservas da Rússia

As sanções que o Ocidente ameaça impor às reservas internacionais russas seriam praticamente um furto de propriedade alheia

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters)


Sputnik - O parlamentar ressaltou que a Rússia é parte integrante da economia mundial e tal passo "cortaria as artérias financeiras", um processo muito "doloroso para um organismo econômico".

Em 24 de fevereiro, o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou o começo da operação especial em Donbass com objetivo de "desmilitarização e desnazificação da Ucrânia".

Sua decisão foi seguida pela reação imediata do Ocidente. O Reino Unido, a União Europeia, os EUA e o Canadá introduziram sanções antirrussas, elaboradas e preparadas de antemão. As medidas visam bancos russos, deputados que apoiaram o reconhecimento das repúblicas populares de Donetsk e Lugansk, alguns empresários e também Vladimir Putin e o chanceler Sergei Lavrov pessoalmente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os países do Báltico, Bulgária, Reino Unido, Polônia, Finlândia e Espanha estão entre os países europeus que já fecharam seu espaço aéreo para aviões russos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além do mais, os países ocidentais pretendem desligar uma série de bancos da Federação da Rússia do sistema SWIFT e introduzir restrições em relação ao Banco da Rússia para impedir que este use as reservas do fundo em ouro para apoiar o rublo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email