CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Egito enterra era Mubarak

Pas j prepara nova constituio, garantindo maiores direitos individuais

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Nada como a queda de um ditador. No Egito, depois da deposição de Hosni Mubarak, já se discute uma nova constituição, com maiores direitos individuais e eleições livres. A junta militar que governa provisoriamente o país vai estudar a demanda dos partidos secularistas de que uma nova Constituição seja elaborada antes da realização de eleições.

Segundo o general Mohammed Assar, integrante do Conselho Militar Supremo, os militares vão mudar o calendário para a transição do Egito para um regime democrático. O cronograma político estabelecido por meio de um referendo em março prevê que o Congresso a ser eleito em setembro nomeie um comitê constitucional de 100 integrantes para redigir a nova Constituição, que deverá ser submetida a um novo referendo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O chamado Movimento Constituição Primeiro tem o apoio de partidos secularistas, movimentos de jovens e candidatos presidenciais com vínculos com o Ocidente, como os diplomatas Amr Moussa, ex-secretário-geral da Liga Árabe, e Mohamed ElBaradei, ex-diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). Eles pediram que o Conselho Militar Supremo adie as eleições e ameaçam levar seus simpatizantes a novas manifestações na Praça Tahrir, no Cairo, caso sua demanda não seja atendida.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO