HOME > Mundo

Elon Musk anuncia que irá fazer lobby para criminalizar procedimentos de afirmação de gênero em crianças

As declarações de Musk coincidem com o início do 'Mês do Orgulho LGBTQIA+'

Elon Musk (Foto: REUTERS/Brendan McDermid)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O bilionário Elon Musk, dono do Twitter e da Tesla, anunciou em um tuíte nesta sexta-feira (2) que irá fazer lobby ativamente para criminalizar  "mudanças severas e irreversíveis em crianças abaixo da idade de consentimento", referindo-se às crescentes intervenções médicas para menores de idade mudarem de gênero.

"Que vergonha para aqueles que defendem isso! É totalmente desprezível", acrescentou Musk na postagem. Respondendo à promessa de Musk, o comentarista da mídia conservadora e professor da Universidade de Toronto, Jordan Peterson, tuitou: “Prisão. Longo prazo. Sem liberdade condicional. Sem misericórdia. E talvez para os ‘terapeutas’ complacentes e os açougueiros que eles capacitam". Musk respondeu: "Absolutamente". As declarações coincidem com o início do 'Mês do Orgulho', uma celebração da cultura LGBTQIA+ e do ativismo.

Pesquisa Rasmussen Reports divulgada nesta quinta-feira (1) mostra que há um forte apoio bipartidário às leis que proíbem o tratamento de transgêneros para menores, incluindo terapia hormonal e cirurgias de mudança de sexo. A pesquisa mostrou que 59% dos americanos são a favor da proibição da terapia hormonal para crianças, contra 52% em fevereiro, e 62% acreditam que as intervenções cirúrgicas devem ser proibidas.

A maioria dos democratas concorda que menores de idade não devem ter acesso a tratamentos de mudança de sexo, disse a pesquisa. Quase três em cada quatro eleitores dos EUA (74%) se opõem a permitir que escolas ou professores aconselhem crianças sobre identidade sexual sem o consentimento dos pais.

Pelo menos 18 estados dos EUA aprovaram leis ou promulgaram políticas que restringem o tratamento de transgêneros para menores, uma tendência denunciada por políticos democratas como intolerante e prejudicial às crianças.

(Com informações do RT). 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: