Em meio a onda de protestos antirracistas, mulher branca aponta arma para família negra nos EUA (vídeo)

A ameaça foi gravada por Takelia Hill, mãe de Makayla Green, uma jovem de 15 anos que foi agredida pela mulher não identificada após uma discussão no estacionamento de uma lanchonete

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma mulher branca não identificada apontou uma arma para uma família negra durante uma discussão em um estacionamento de um restaurante no município de Orion Charter Towship, em Michigan, nos Estados Unidos. A ameaça foi gravada por Takelia Hill, mãe de Makayla Green, uma jovem de 15 anos que foi agredida pela mulher.

Segundo Makayla, ela estava entrando na lanchonete quando esbarrou na mulher e esta começou a desferir uma série de agressões verbais. A jovem então ligou para a mãe que ao chegar ao local exigiu que a agressora se desculpasse. Diante da negativa, elas disseram que a mulher estava agindo de forma ignorante e racista.

Pouco depois, a mulher desceu do carro empunhando uma pistola e manteve as duas sob a mira da arma por mais de um minuto. Em seguida, ela entra no carro e sai do local. 

Ameaças acontecem em meio aos protestos antirracistas iniciados há cerca de um mês e que se espalharam pelos EUA e diversos outros países. 

Veja o vídeo. 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247