Embaixada russa exige esclarecimentos sobre presença de nazista ucraniano no Parlamento Canadense

Ao homenagear um criminoso nazista, o governo canadense e os membros do parlamento violaram normas morais e legais

Zelensky e Trudeau homenageiam nazista
Zelensky e Trudeau homenageiam nazista (Foto: Reuters)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

TASS - A Embaixada Russa em Ottawa enviará uma nota ao Ministério das Relações Exteriores do Canadá e ao gabinete do primeiro-ministro do país, Justin Trudeau, em relação à presença de um nazista ucraniano que serviu na divisão "Galicia" da SS no Parlamento Canadense, informou o embaixador russo em Ottawa, Oleg Stepanov, à TASS.

"A Embaixada está enviando uma nota ao Ministério das Relações Exteriores do Canadá e ao gabinete do primeiro-ministro exigindo esclarecimentos. A SS é reconhecida como uma organização criminosa pelas decisões do Tribunal de Nuremberg, que fazem parte integrante do direito internacional. Ao homenagear um membro desta comunidade criminosa, o gabinete canadense e os membros do parlamento violaram não apenas normas morais, mas também legais", afirmou o diplomata.

continua após o anúncio

Anteriormente, a Associated Press publicou fotografias que mostram que durante o discurso do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, no Parlamento do Canadá, em 22 de setembro, os presentes saudaram o nacionalista ucraniano de 98 anos, que serviu na 1ª divisão ucraniana, também conhecida como a divisão SS "Galicia" durante a Segunda Guerra Mundial.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247