Endeavour vai à Estação Espacial investigar origens do universo

Nave partiu da Flrida com cinco astronautas americanos e um italiano; seu ltimo voo; nibus americanos sero substitudos por cpsulas russas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com Agências Internacionais – Decolou! Às 9h56, horário de Brasília, o ônibus espacial Endeavour, dos Estados Unidos, partiu da Flórida para a sua última missão. Nada menos que a de apoiar as investigações sobre as origens do universo. Cinco astronautas americanos e um italiano ficarão dezesseis dias no espaço, na Estação Espacial Internacional (ISS), na viagem que tem programadas quatro saídas da nave. Ao retornar, o Endeavour será aposentado. O programa de ônibus espaciais americano está completando 30 anos, e será encerrado com a decolagem, provavelmente em julho, do Atlantis. Antes deles, o Challenger, o Columbia, que explodiram, respectivamente em 1986 e 2003 e o Discovery, que realizou 26 missões bem sucedidas, participaram do programa.

O destino do Endeavour é a Estação Espacial Internacional (ISS), considerada a maior obra de engenharia da história. A 402 quilômetros da superfície da Terra, a ISS permite a visualização de 85% da superfície do planeta e de 95% da população. Completada em 2010, a estação tem laboratórios que desenvolvem diferentes experimentos em ambientes sem gravidade e outras condições que não poderiam ser obtidas na Terra. De drogas contra o câncer até testes de física são realizados lá. Dezesseis países, entre os quais o Brasil, contribuíram com tecnologia e recursos para a construção da ISS. A Rússia, em razão do longo aprendizado com a estação experimental MIR, foi um dos países que mais contribuíram para o desenvolvimento da estação, considerada um sucesso.

Com o fim do programa dos ônibus espaciais, o acesso à ISS se dará por meio de cápsulas russas, de operação mais econômica. A última missão do Endeavour foi adiada poucas horas antes do lançamento, no dia 29 de maio, por problemas no sistema de aquecimento da nave. "Os reparos feitos nestas duas últimas semanas já estão terminados, todas as peças suspeitas foram repostas e todas as provas destes sistemas terminaram. Está tudo bem, estamos prontos para o lançamento", explicou Jeff Spaulding, diretor de provas do ônibus espacial

A contagem regressiva começou oficialmente na sexta-feira, às 08h00 de Brasília. Os seis membros da tripulação - cinco americanos e um italiano, o astronauta Roberto Vittori, da Agência Espacial Europeia - chegaram ao centro espacial Kennedy na última quinta-feira.

Veja aqui galeria de imagens.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email