Equador convoca organizações para discutir ameaça britânica

Países dos blocos Alba e Unasul devem se reunir no fim de semana para falar sobre ameaça da Inglaterra de invadir a embaixada do país em Londres a fim de prender Julian Assange, informou o chanceler Ricardo Patiño

Equador convoca organizações para discutir ameaça britânica
Equador convoca organizações para discutir ameaça britânica (Foto: Guillermo Granja/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ministro das Relações Exteriores do Equador, Ricardo Patiño, informou sobre a possibilidade de os países que integram os blocos Alba e Unasul se reunirem neste final de semana para discutir a ameaça do governo britânico de invadir a embaixada equatoriana em Londres a fim de prender Julian Assange, refugiado no local.

"Consideramos que a reunião possa ocorrer ainda neste fim de semana", disse o chanceler, no mesmo discurso em que anunciou o asilo concedido pelo governo do Equador ao fundador do Wikileaks. Por meio de informe, o governo britânico havia dito que tomaria ações para prender o jornalista, que cumpre prisão domiciliar na Inglaterra. O recado foi entendido como ameaça pelas autoridades equatorianas.

A convocação para a reunião já é uma resposta à ameaça britânica. É possível que participe também a Organização dos Estados Americanos (OEA), segundo o chanceler. "O Equador é uma nação democrática, soberana, e não podemos aceitar tais ameaças à nossa soberania", disse Patiño.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email