Equipamentos desviados por Trump são entregues a empresas privadas para vender a hospitais

O almirante John Polowczyk, membro da força-tarefa estadunidense contra o coronavírus, não só confessou como defendeu esse esquema, ao lado de Donald Trump

O almirante John Polowczyk
O almirante John Polowczyk (Foto: WikiCommons)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fórum - Ao ser perguntado por uma jornalista como é feita a distribuição dos equipamentos e materiais que chegam ao país, o almirante John Polowcyk explicou que os militares – responsáveis por confiscar os produtos quando eles fazem escala em algum aeroporto estadunidense, entregam a empresas do setor privado, que vendem aos hospitais, ou aos estados.

“Eu não estou aqui para interromper uma cadeia de suprimentos”, justificou Polowcyk. Minutos depois de dizer isso, o próprio presidente Donald Trump apareceu ao lado do almirante, dando a entender que respaldava suas declarações.

Leia a íntegra na Fórum. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email