Mundo

Erdogan acusa Israel de buscar espalhar a guerra por todo o Oriente Médio

O líder turco disse que Israel comete genocídio em Gaza e que é necessário parar a guerra

Imagem Thumbnail
Erdogan e Netanyahu

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

TASS - O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, acusou Israel de buscar expandir a geografia de seu conflito com a Palestina por toda a região do Oriente Médio.

"O que aconteceu no final da semana passada,  operação do Irã contra Israel, decorre dos duplos padrões do Ocidente e demonstrou que uma guerra maior na região é bastante provável. Israel está se entregando a ações provocativas na tentativa de espalhar o conflito por toda a região. Seu ataque à embaixada do Irã em Damasco, que foi realizado em violação ao direito internacional, foi a gota d'água," disse o presidente turco a canais de televisão locais após uma reunião de gabinete.

Ele enfatizou que é necessário identificar a raiz do problema na região "em vez de julgar apenas pelo que aconteceu na noite de 13 de abril," quando o Irã realizou sua operação contra Israel. "Ninguém se pronunciou após o ataque à embaixada iraniana, exceto alguns países. Mas uma corrida para acusar a retaliação do Irã começou imediatamente. Mas, em primeiro lugar, é necessário culpar o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, que matou 34.000 pessoas inocentes em Gaza. Netanyahu e sua administração canibalista são os responsáveis pelo que aconteceu em 13 de abril," Erdogan enfatizou.

O chefe de Estado turco criticou as ações de Israel em Gaza como genocídio e disse que a única maneira de aliviar a tensão na região é parar a guerra. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ele enfatizou que a Turquia foi o primeiro país a impor restrições às exportações para Israel. "Muito antes dos acontecimentos atuais com assassinatos em massa, a Turquia proibiu a venda de qualquer material que possa ser usado para fins militares para Israel.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO