Escândalo sem precedente nos EUA: nome de Trump estará nos cheques de auxílio da pandemia

Em uma ação sem precedentes, o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos ordenou a impressão do nome de Trump nos cheques que serão pagos com a finalidade de aliviar os efeitos da crise social em meio à pandemia do coronavírus. É a falência completa da ideia de República no país que se apresenta como "a maior democracia do mundo"

Presidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump (Foto: REUTERS/Kevin Lamarque)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O nome do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, será impresso nos cheques que o governo distribuirá como parte da ajuda às pessoas atingidas pela crise social em meio à pandemia do coronavírus. 

O Departamento do Tesouro ordenou que o nome do presidente Trump fosse impresso nos cheques que a Receita Federal está enviando a dezenas de milhões de americanos, um processo que pode atrasar a entrega em alguns dias, disseram autoridades da Receita Federal.

A decisão sem precedentes, finalizada na segunda-feira, significa que, quando os destinatários abrirem os cheques em papel de US $ 1.200, a inscrição "Presidente Donald J. Trump" aparecerá no lado esquerdo do pagamento.

Será a primeira vez que o nome de um presidente aparece em um pagamento feito pela Receita Federal, informa o jornal The Washington Post.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247