Espanha proíbe desigualdade salarial entre gêneros

"A partir de hoje, um homem e uma mulher não podem mais receber remuneração diferente", disse a ministra do Trabalho da Espanha, Yolanda Díaz, em coletiva de imprensa

Ministra do Trabalho da Espanha, Yolanda Díaz, em Madri
Ministra do Trabalho da Espanha, Yolanda Díaz, em Madri (Foto: Chema Moya/Pool via REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O governo da Espanha aprovou um decreto que proíbe a desigualdade salarial entre gêneros, disse a ministra do Trabalho, Yolanda Díaz, em coletiva de imprensa nesta terça-feira (13).

"A partir de hoje, um homem e uma mulher não podem mais receber remuneração diferente", afirmou ela após a reunião semanal de gabinete. Os regulamentos forçarão as empresas a manter registros de salários por gênero e divulgar esses documentos, acrescentou a ministra.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247