Espanhóis fazem protesto uma semana antes de eleição

Centenas de manifestantes espanhis "indignados" marcharam pelas ruas de Madri neste domingo para protestar contra os cortes de gastos, a alta taxa de desemprego e a corrupo de polticos

Espanhóis fazem protesto uma semana antes de eleição
Espanhóis fazem protesto uma semana antes de eleição (Foto: SERGIO PEREZ/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Centenas de manifestantes espanhóis "indignados" marcharam pelas ruas de Madri neste domingo para protestar contra os cortes de gastos, a alta taxa de desemprego e a corrupção de políticos no país, uma semana antes da eleição geral.

Eles deram início à marcha do lado de fora da estação Atocha e se dirigiram para as praças de Cibeles e Puerta del Sol, carregando uma enorme faixa com os dizeres "Mude o Modelo Agora!".

O colunista político Josep Ramoneda disse que os "indignados" manifestantes tiveram pouca influência sobre a campanha porque o Partido Popular, conservador e de oposição, tem uma ampla vantagem sobre os Socialistas, atualmente no governo, nas pesquisas de opinião.

"Nesta campanha eles têm pouco peso, mas é uma campanha bastante peculiar porque na verdade é uma campanha falsa, os dados foram lançados, todos sabem qual será o resultado e por isso as pessoas estão acompanhando a campanha com pouco interesse", disse Ramoneda, que não faz parte do movimento.

O movimento de protesto nasceu quando milhares de pessoas acamparam na praça madrilenha de Puerta del Sol antes das eleições municipais de 22 de maio.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email