Espiões americanos recuperam dois OVNIs intactos, diz mídia britânica

Um escritório “secreto” da agência de espionagem dos EUA teria recuperado nove “naves não humanas”

Uma placa de estacionamento no Little A’Le’Inn em Rachel, Nevada
Uma placa de estacionamento no Little A’Le’Inn em Rachel, Nevada (Foto: Reuters)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

RT - Espiões americanos conseguiram recuperar pelo menos nove veículos potencialmente alienígenas, dois deles "completamente intactos", relatou o Daily Mail na terça-feira, citando três fontes anônimas.

As fontes, supostamente informadas sobre operações ultrassecretas, disseram ao veículo do Reino Unido que o principal responsável pelos resgates tem sido o Office of Global Access (OGA), um ramo da Diretoria de Ciência e Tecnologia da CIA, estabelecido em 2003.

continua após o anúncio

"Há pelo menos nove veículos. Houve diferentes circunstâncias para os diferentes", disse uma das fontes. "Isso tem a ver com a condição física em que se encontram. Se cai, há muitos danos. Outros, dois deles, estão completamente intactos."

A CIA tem um sistema para detectar objetos voadores não identificados (OVNIs) "enquanto ainda estão camuflados" e ajuda unidades militares especiais dos EUA a recuperar os destroços se "naves não humanas" pousarem, caírem ou forem abatidas, acrescentou a fonte.

continua após o anúncio

Outra fonte anônima descreveu o papel do OGA como "basicamente um facilitador" para que operativos dos EUA acessem áreas onde normalmente não seriam permitidos.

"Eles são muito hábeis em conseguir chegar a qualquer lugar do mundo que queiram", disse a segunda fonte.

continua após o anúncio

A maioria das operações do OGA envolve "armas nucleares perdidas, satélites caídos ou tecnologia de adversários", segundo o Mail, mas algumas missões envolveram a recuperação de OVNIs - ou como o governo dos EUA agora prefere chamá-los, "Fenômenos Anômalos Não Identificados" (UAP).

"A tarefa em questão é simplesmente obter a custódia e proteger o segredo disso", disse uma fonte. "A recuperação física real é feita pelos militares. Mas não é mantida sob controle militar, porque eles têm que manter muitos registros. Então, eles começam a movê-la rapidamente para mãos privadas."

continua após o anúncio

Duas das fontes disseram que o OGA coordena com a Delta Force ou equipes SEAL que trabalham sob o Comando Conjunto de Operações Especiais dos EUA (JSOC), ou a Equipe de Apoio a Emergências Nucleares (NEST), para recuperar as possíveis naves alienígenas.

"Não temos nada para você sobre isso", disse o JSOC em resposta escrita ao veículo britânico. Um porta-voz da NEST disse que o pessoal da agência "encontra materiais de origens desconhecidas regularmente", mas "nunca encontrou nenhum material relacionado a UAP."

continua após o anúncio

Uma das fontes descreveu a CIA como o "gerente de portfólio" da operação de "recuperação de destroços de OVNIs". Materiais radioativos recuperados são enviados para laboratórios nacionais administrados pelo Departamento de Energia, enquanto contratados da "indústria aeroespacial e de defesa" lidam com "outros materiais não radioativos – e naves intactas", afirmou a fonte.

Após três denunciantes militares e de inteligência testemunharem sobre o programa de recuperação de OVNIs ao Congresso dos EUA em julho, o líder da maioria no Senado, Chuck Schumer, patrocinou um projeto de lei que exigiria que o governo divulgasse "tecnologias recuperadas de origem desconhecida e evidências biológicas de inteligência não humana". Este Ato de Divulgação de UAP foi adotado como parte do Ato de Autorização de Defesa Nacional de 2024 em setembro.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247