Estado de Trump é grave e próximas 48 horas serão críticas, informa a CNN

"Os sinais vitais do presidente nas últimas 24 horas foram muito preocupantes e as próximas 48 horas serão críticas em termos de seu cuidado. Ainda não estamos em um caminho claro para uma recuperação completa", disse uma fonte a repórteres da Casa Branca

(Foto: REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O estado de saúde do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é muito mais grave do que vinha sendo divulgado até agora.  "Os sinais vitais do presidente nas últimas 24 horas foram muito preocupantes e as próximas 48 horas serão críticas em termos de seu cuidado. Ainda não estamos em um caminho claro para uma recuperação completa", disse a fonte a repórteres da Casa Branca após o briefing de seus médicos, segundo aponta reportagem da CNN.

"Na manhã de sábado, o médico do presidente, comandante da Marinha. O Dr. Sean Conley deu uma atualização confusa sobre a condição Covid-19 do presidente, que apenas levantou mais questões sobre o cronograma da doença do presidente. A instrução ocorreu na manhã seguinte ao transporte de Trump para o Centro Médico Militar Nacional Walter Reed, o que levantou preocupações. Sua internação no hospital no início da noite de sexta-feira, menos de 24 horas após a notícia de seu diagnóstico de Covid-19, mergulhou o país em uma crise cada vez mais profunda, à medida que o círculo de atuais e ex-assessores do presidente com teste positivo se ampliou rapidamente", aponta ainda a reportagem.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247