Estados Unidos e aliados discutem formas de encerrar a guerra na Ucrânia, aponta jornal alemão

Custo das sanções contra Putin se voltou contra o Ocidente

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters)


Sputnik – Os EUA e seus principais aliados europeus estão secretamente discutindo vias diplomáticas para acabar com o conflito na Ucrânia, revela o jornal alemão Welt.

"Aparentemente estão sendo conduzidas secretamente consultas entre os EUA e os aliados europeus mais importantes, durante as quais são estudadas formas diplomáticas de acabar com a guerra", avança a publicação.

O jornal não fornece mais detalhes a este respeito. No entanto, de acordo com o autor do artigo, não é difícil encontrar razões para esta iniciativa, uma vez que a maior parte dos eleitores europeus se mostra a favor de uma "solução diplomática" para o conflito.

Nesta sexta-feira (8), o ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov disse, após a reunião dos chanceleres do grupo G20, que, se os países ocidentais querem "derrotar a Rússia" na Ucrânia, então não há nada para conversar com eles.

"Se ele [o Ocidente] não quer negociações, mas uma vitória da Ucrânia sobre a Rússia no campo de batalha, então, provavelmente, não há nada para falar com o Ocidente, porque ele com essas abordagens de fato não permitem que a Ucrânia avance para o processo de paz", disse ele.

O porta-voz do presidente da Rússia, Dmitry Peskov, por sua vez, já declarou que a política ocidental de envio de armas à Ucrânia não contribui para o sucesso das negociações de paz e só faz prolongar o conflito.

A Rússia iniciou a operação militar especial, em 24 de fevereiro, com o objetivo de desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia, após pedido de ajuda das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) para combater os ataques de tropas ucranianas.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247