'Estamos profundamente preocupados', diz Museu de Nova York sobre homenagem a Bolsonaro

O Museu de História Natural de Nova York (EUA) informou que está "profundamente preocupado" com uma homenagem ao presidente Jair Bolsonaro que está marcada para acontecer na sua sede, no dia 14 de maio; em nota, a instituição disse que "o evento, de nenhuma maneira, reflete a posição do museu que há uma necessidade urgente de conservar a Amazônia, que tem profundas implicações para a diversidade biológica, as comunidades indígenas, mudança climática e o futuro da saúde do nosso planeta"

'Estamos profundamente preocupados', diz Museu de Nova York sobre homenagem a Bolsonaro
'Estamos profundamente preocupados', diz Museu de Nova York sobre homenagem a Bolsonaro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Museu de História Natural de Nova York (EUA) informou em uma rede social nesta sexta-feira (12) que está "profundamente preocupado" com uma homenagem ao presidente Jair Bolsonaro que está marcada para acontecer na sua sede, no dia 14 de maio. Em nota, a instituição disse que "o evento, de nenhuma maneira, reflete a posição do museu que há uma necessidade urgente de conservar a Amazônia, que tem profundas implicações para a diversidade biológica, as comunidades indígenas, mudança climática e o futuro da saúde do nosso planeta".

No Twitter, o museu disse que "o evento privado, externo, no qual o presidente do Brasil será homenageado foi reservado no museu antes que o homenageado estivesse definido". "Estamos muito preocupados e estamos estudando nossas opções", afirmou.

Em seu site, a câmara publicou uma breve biografia de Bolsonaro dizendo que ele, como deputado federal, "enfatizou a importância dos valores cristãos e da família". 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247