"Este não é um governo, são as leis de Pinochet", dizem manifestantes no Chile contra governo Piñera

"Este não é um governo, são as leis de Pinochet", é uma das palavras de ordem dos protestos no Chile que entra na terceira semana de mobilizações contra a política neoliberal do governo de Sebastián Piñera

247 - Os protestos no Chile continuam e entram na terceira semana, apesar da forte repressão das forças de segurança. Em Santiago, na capital, milhares de manifestantes foram às ruas em protestos massivos contra o governo de Sebastián Piñera.

Empunhando bandeiras, cartazes e com apitos apitos os manifestantes rechachavam a medidas neoliberais e exigiam melhorias nos sistemas de aposentadoria, saúde, educação. "Este não é um governo, são as leis de Pinochet", gritam os manifestantes, em referÊncia ao ditador que governou de  1973 a 1990.

Em marcha, ao passar em frente ao palácio presidencial, os manifestantes gritavam palavras de ordem contra o presidente e pediam sua renúncia.

As manifestações se intensificaram ainda mais após Piñera anunciar novas medidas de segurança para conter os protestos. 


Ao vivo na TV 247 Youtube 247