CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Estrangeiros mortos na Argélia chegam a 37

Primeiro-ministro do país, Abdelmalek Sellal informou que há sete desaparecidos; mortos eram trabalhadores estrangeiros

Estrangeiros mortos na Argélia chegam a 37 (Foto: HANDOUT)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

ARGEL, 21 Jan (Reuters) - Um total de 37 trabalhadores estrangeiros morreram no incidente com reféns em um complexo de exploração de gás no deserto da Argélia, sendo que ainda há 7 desaparecidos, afirmou nesta segunda-feira o primeiro-ministro da Argélia, Abdelmalek Sellal.

O premiê disse ainda, em uma entrevista à imprensa, que 29 militantes foram mortos e três capturados vivos no local, alvo de um cerco de forças argelinas no sábado. (Reportagem de Lamine Chikhi)

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

País não vê impacto em investimentos depois de ataque a complexo de gás

O ataque de combatentes islâmicos ao complexo de gás de In Amenas, na Argélia, não fará com que empresas de energia estrangeiras abandonem os investimentos no país, afirmou o ministro de Minas e Energia argelino, Youcef Yousfi, na segunda-feira.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Eu não acho que trabalhadores estrangeiros estão deixando a Argélia definitivamente. Eles saíram apenas para tranquilizar suas famílias", disse Yousfi a repórteres no Parlamento.

"Não creio que empresas estrangeiras sairão definitivamente."

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ele disse que os combatentes tentaram explodir as instalações de gás.

(Reportagem de Hamid Ould Ahmed)

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO