EUA anunciam exercícios militares no Paraguai, na fronteira com o Brasil

"O presidente Trump anunciou que os EUA oferecerão dois eventos de treinamento conjunto de forças combinadas em 2020 e 2021, e o Comando Sul dos EUA executará um exercício regional de crise, o Resposta Fundida, no Paraguai, em 2021", afirmou a Casa Branca; recentemente, o secretário Mike Pompeo anunciou que os EUA ajudarão a reprimir protestos na América Latina, no momento em que o subcontinente passa por um período de recolonização

(Foto: Reuters)

Sputinik – Os Estados Unidos realizarão vários exercícios militares conjuntos no Paraguai nos próximos dois anos, incluindo um exercício regional de resposta a crises, disseram o presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, em um comunicado conjunto após o encontro na Casa Branca.

"O presidente Trump anunciou que os EUA oferecerão dois eventos de treinamento conjunto de forças combinadas no Paraguai em 2020 e 2021, e o Comando Sul dos EUA executará um exercício regional de crise, o Resposta Fundida, no Paraguai, em 2021", afirmou o comunicado nesta sexta.

Os dois líderes discutiram questões de segurança regional e reiteraram seu apoio ao líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e à presidente interina boliviana Jeanine Añez.

Washington e Assunção trabalharão através do Acordo de Comércio e Investimento para impulsionar o comércio e o investimento bilaterais no Paraguai, prosseguiu o comunicado.

As autoridades reguladoras do Departamento de Agricultura dos EUA estão trabalhando com colegas paraguaios em uma tentativa de abrir acesso ao mercado de carne bovina e produtos de origem bovina, assim que a segurança alimentar puder ser totalmente garantida, acrescentou.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247