EUA batem recorde de infecções diárias por Covid-19

Nesta quarta-feira (11), os Estados Unidos bateram um recorde, atingindo 136.325 casos diários de infecções pelo novo coronavírus, segundo apontam os dados mais recentes da Universidade Johns Hopkins

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Conforme os dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, os Estados Unidos são o país mais atingido pela pandemia da Covid-19. Os números apontam um total de mais de 10,3 milhões de casos da doença, além de mais de 240 mil mortes por COVID-19 dentro dos EUA. Nesta quarta-feira o país bateu o récorde de infecções pelo novo coronavírus, atingindo 136.325 casos diários.

O país tem batido recordes sucessivos de casos diários de Covid-19 enquanto se aproxima do inverno. Segundo o monitor do jornal The New York Times, o país registra mais de 100 mil casos diários da doença pelo menos desde 4 de novembro. Os dados do jornal, porém, diferem dos dados da Universidade Johns Hopkins. Ainda assim, ambos os monitores apontam tendência de alta nos casos diários nos EUA.

Vários estados dos EUA passam atualmente por escassez de insumos em instalações médicas, além de falta de profissionais de saúde e de leitos hospitalares, forçando novas medidas de restrição social em algumas regiões onde foi detectada uma maior disseminação do vírus.

O presidente dos EUA, o republicano Donald Trump, é amplamente criticado no país pela forma como lidou com a pandemia. Apesar disso, presidente prometeu que uma vacina estará à disposição para ser distribuída até o final do ano.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247