EUA pressionam Rússia e China a sancionar o Irã

Embora Pequim e Moscou tenham expressado sua oposio as medidas contra o pas, presidente Barack Obama diz que todos compartilham do mesmo objetivo de impedir arma nuclear

EUA pressionam Rússia e China a sancionar o Irã
EUA pressionam Rússia e China a sancionar o Irã (Foto: LARRY DOWNING/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 com agências internacionais - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assegurou neste domingo que nas próximas semanas seu Governo consultará com países como Rússia e China sobre os próximos passos a dar. As informações são da Agência Efe.

Esta semana, o Organismo Internacional para a Energia Atômica (AIEA) emitiu um relatório no qual aponta a que o programa nuclear do Irã busca a fabricação de armas atômicas.

Washington quer a imposição de uma nova rodada de sanções internacionais, embora tanto Pequim quanto Moscou expressaram sua oposição. Medvedev põe em dúvida a credibilidade do relatório.

Em entrevista coletiva no final da cúpula do Fórum de Cooperação Econômica Ásia Pacífico (Apec) em Honolulu (EUA), Obama disse que China, Rússia e EUA compartilham o mesmo objetivo: que o Irã não obtenha uma arma nuclear e que "não suscite uma corrida nuclear na região".

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email