EUA prorrogam fechamento de fronteiras terrestres com o México e Canadá

Prorrogação de 30 dias vem depois de o Canadá anunciar que começará a permitir visitantes norte-americanos totalmente vacinados no país a partir de 9 de agosto

Muro na fronteira entre México e EUA
Muro na fronteira entre México e EUA (Foto: Agencia Lusa)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

David Shepardson, da Reuters - As fronteiras terrestres dos Estados Unidos com o Canadá e o México permanecerão fechadas para viagens não essenciais até pelo menos 21 de agosto, informou o Departamento de Segurança Interna dos EUA nesta quarta-feira (21).

A prorrogação de 30 dias vem depois de o Canadá anunciar na segunda-feira (19) que começará a permitir visitantes norte-americanos totalmente vacinados no país em viagens não essenciais a partir de 9 de agosto, após a pandemia de Covid-19 forçar uma proibição sem precedentes de 16 meses que muitas empresas reclamaram que as estava paralisando.

Uma pergunta difícil para o governo de Biden é se ele seguirá o exemplo do Canadá e exigirá que todos os visitantes estejam vacinados contra a Covid-19 antes de entrar nos EUA, disseram fontes familiarizadas com o assunto à Reuters.

PUBLICIDADE

A Casa Branca planeja uma nova rodada de reuniões importantes para discutir as restrições de viagem e a possibilidade de tornar obrigatória a vacinação contra a Covid-19, mas nenhuma decisão foi tomada, disseram as fontes.

Empresas no Canadá e nos Estados Unidos, principalmente as do setor aéreo e de viagens, pressionam pelo fim das restrições às viagens não essenciais entre os dois países, impostas em março de 2020, no início da pandemia.

PUBLICIDADE

Os EUA continuaram prorrogando as restrições ao Canadá e ao México mensalmente desde março de 2020.

Companhias aéreas e outras empresas pediram ao governo que suspenda as restrições que cobrem a maioria dos cidadãos não norte-americanos que estiveram recentemente no Reino Unido, nos 26 países do Espaço Schengen na Europa sem controle de fronteira, na Irlanda, China, Índia, África do Sul, Irã e Brasil.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email