CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Eurocopa: presidente francês alerta sobre ameaça terrorista

"Essa ameaça se manterá a longo prazo", disse Hollande à Rádio França Internacional; "Mas nós devemos fazer tudo para ter certeza de que a Eurocopa será bem-sucedida; segundo Hollande, até 90 mil policiais vão garantir a segurança durante a Copa de Futebol; ele disse também que foram tomadas medidas adicionais e apelou aos torcedores para entender a necessidade de controle na entrada dos estádios

Imagem Thumbnail
"Essa ameaça se manterá a longo prazo", disse Hollande à Rádio França Internacional; "Mas nós devemos fazer tudo para ter certeza de que a Eurocopa será bem-sucedida; segundo Hollande, até 90 mil policiais vão garantir a segurança durante a Copa de Futebol; ele disse também que foram tomadas medidas adicionais e apelou aos torcedores para entender a necessidade de controle na entrada dos estádios (Foto: Roberta Namour)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Da Agência Sputnik Brasil

O presidente francês, François Hollande, considera que ataques terroristas são possíveis em seu país durante o Campeonato Europeu de Futebol deste ano, a Eurocopa. "Essa ameaça se manterá a longo prazo", disse Hollande à Rádio França Internacional. "Mas nós devemos fazer tudo para ter certeza de que a Eurocopa será bem-sucedida.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo Hollande, até 90 mil policiais vão garantir a segurança durante a Copa de Futebol. Ele disse também que foram tomadas medidas adicionais e apelou aos torcedores para entender a necessidade de controle na entrada dos estádios.

O Campeonato Europeu de Futebol será realizado de 10 de junho a 10 de julho de 2016 na França. Atualmente, uma das questões mais importantes é garantir a segurança durante o evento.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

No fim de maio, a imprensa relatou que os radicais planejam ataques contra os torcedores das equipes nacionais da Rússia e Grã-Bretanha que vão jogar no dia 11 de junho em Marselha. A imprensa descobriu os dados no notebook apreendido do líder dos responsáveis pelos ataques em Paris e Bruxelas, Salah Abdeslam.

A polícia francesa, no entanto, não confirmou até agora que estejam sendo planejados ataques terroristas no Campeonato Mundial.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na noite de 13 de novembro de 2015, três grupos de terroristas fizeram uma série de ataques em Paris e em Saint-Denis, nos arredores da capital. Três jihadistas fizeram ataques suicidas nas proximidades do Stade de France, onde ocorria uma partida de futebol entre as seleções da França e da Alemanha. Outro grupo (composto, no mínimo, por três pessoas) atacaram cafés e restaurantes no nordeste de Paris. Mais três terroristas tomaram reféns na sala de espetáculos Bataclan. Cento e trinta pessoas morreram e mais de 350 ficaram feridas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO