Europa é duramente atingida pela segunda onda da pandemia de Covid-19

Na Europa, os números do avanço da pandemia são alarmantes. O Reino Unido, país mais atingido na Europa, ultrapassou a marca de 50 mil mortos na quarta-feira, a Espanha 40 mil mortos e Itália ultrapassou um milhão de casos de Covid -19. Na Grécia, o governo decretou toque de recolher noturno, além do confinamento já em andamento no país

(Foto: MANUEL SILVESTRI/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A segunda onda da pandemia de Covid-19 está atingindo duramente a Europa. O Reino Unido, país mais atingido na Europa, ultrapassou a marca de 50 mil mortos na quarta-feira, a Espanha 40 mil mortos e Itália ultrapassou um milhão de casos de Covid -19. Na Grécia, o governo decretou toque de recolher noturno, além do confinamento já em andamento no país.

O Reino Unido registrou 595 mortes adicionais na quarta-feira (11), elevando o número total de mortos para 50.365. O país não tinha visto um número tão alto de mortes diárias desde 6 de maio, quando 612 mortes foram registradas. “Cada morte é uma tragédia” , reagiu na televisão o primeiro-ministro Boris Johnson, deplorando um “triste curso”, informa Le Figaro.

A Espanha ultrapassou a marca de 40.000 mortes de Covid-19 registradas oficialmente desde o início da epidemia na quarta-feira, de acordo com dados oficiais fornecidos pelo Ministério da Saúde. O país registrou 311 novas mortes na quarta-feira, atingindo um total de 40.105 mortes desde o início da pandemia. A França tinha ultrapassado o mesmo limite menos de uma semana atrás. 

A Itália, o primeiro país da Europa a ser atingido pela nova pandemia de coronavírus no início do ano, ultrapassou um milhão de casos desde o início da epidemia, segundo dados divulgados na quarta-feira pelo Ministério da Saúde. O país registrou 32.961 casos novos e 623 óbitos nas últimas 24 horas, elevando o total desde fevereiro para 1.028.424 casos e 42.953 óbitos. Com pouco mais de 60 milhões de habitantes, a Itália é o décimo país a cruzar o limiar de um milhão de infectados, atrás dos Estados Unidos, Índia, Brasil, Rússia, França, Espanha , Argentina, Reino Unido e Colômbia, de acordo com uma contagem da AFP. A Itália tem sido um dos países europeus mais atingidos, especialmente as regiões do norte, que registraram mais de dois terços dos casos,

A Grécia, já confinada, decretou na quarta-feira um toque de recolher noturno a partir de sexta-feira, após um aumento significativo nas infecções diárias causando "pressão" nos serviços de saúde. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247