Evo Morales aceita não participar de novas eleições para pacificar a Bolívia

“Temos que chegar a pacificar a Bolívia”, disse o ex-presidente em entrevista à Reuters na Cidade do México, onde está asilado desde que renunciou no domingo passado.

www.brasil247.com -
(Foto: REUTER)


CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O ex-presidente de Bolívia, Evo Morales, disse na sexta-feira que está disposto a não participar de novas eleições, uma vez que o governo de transição iniciou um diálogo com a oposição para tentar resolver a crise política no país.

“Temos que chegar a pacificar a Bolívia”, disse o ex-presidente em entrevista à Reuters na Cidade do México, onde está asilado desde que renunciou no domingo passado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Morales, que diz ter deixado o cargo por um golpe de Estado, afirmou que se a Assembleia aprova sua renúncia à Presidência poderia voltar ao país como cidadão comum ou militante.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email